Sobre a Corrida

História da Modalidade Corridas de Rua

As Corridas de Rua surgiram na Inglaterra no século XVIII onde tornaram-se bastante popular, posteriormente, a modalidade expandiu-se para o resto da Europa e Estados Unidos.

No final do século XIX as Corridas de Rua ganharam impulso depois do grande sucesso da primeira Maratona Olímpica popularizando-se particularmente nos Estados Unidos.

Depois, por volta de 1970, aconteceu o “jogging boom” baseado na teoria do médico norte-americano Kenneth Cooper que difundiu seu famoso “Teste de Cooper”, a partir de então, a prática da modalidade cresceu de maneira sem precedentes na história.

Paralelamente ainda na década de 70 surgiram provas onde era permitida a participação popular junto com os corredores de elite – cada grupo largando nos respectivos pelotões.

Atualmente, o critério da Federação Internacional das Associações de Atletismo (IAAF) define as Corridas de Rua, provas de pedestreanismo, como disputadas em circuitos de rua (ruas, avenidas, estradas) com distâncias oficiais variando de 5 Km a 100 Km.

Hoje as Corridas de Rua são bem populares em todo o mundo. São praticadas em sua grande maioria por atletas amadores que buscam melhorar e aumentar sua qualidade de vida através da prática esportiva. Na última década, houve um aumento significativo do número de praticantes, tanto no mundo como no Brasil.

As 100 maiores corridas de rua realizadas nos Estados Unidos no ano de 1996 tiveram 1.022.813 atletas participantes, já, no Brasil, também foi registrado um significativo incremento do número de participantes, como exemplo, os mais de 30 mil corredores que participaram no ano 2001 das etapas do Circuito de Corridas Corpore Pão de Açúcar disputado em São Paulo, Brasil.

Somente a São Silvestre em sua ultima edição (2001) teve 17.000 inscritos, limite máximo definido pela organização por questões de segurança.

Corrida de Belém

A Corrida de Belém foi idealizada e organizada, inicialmente, apenas pela Prefeitura de Belém, como parte das comemorações do aniversário da Cidade.
Desde 2010, o jornal O Liberal é parceiro neste evento que já faz parte do calendário dos eventos dedicados ao Aniversário de Belém.

A Corrida acontece sempre no último domingo de janeiro, e em 2016, não poderia deixar de ser diferente, será realizada no dia 29 de janeiro, reunindo atletas profissionais locais e de outros Estados, atletas amadores amantes desse esporte que cresce em popularidade através de números cada vez mais expressivos de participantes.

A última edição da Corrida de Belém em 2016 teve a participação de 2.000 atletas profissionais locais e de outros Estados. A corrida também recebeu os atletas amadores, amantes do esporte e que tem na corrida de rua, seu esporte favorito. Fazem desse esporte não só lazer mais uma forma de cuidar da saúde.

Premiação Geral

A corrida de Belém tem premiação diferenciada pra o 1º Lugar Geral Masculino e 1º Lugar Geral Feminino e as dezenove categorias receberão medalhas para 1,2 e 3 lugar

Categorias / Faixa Etária

A Corrida de Belém, além de premiar o primeiro lugar geral feminino e masculino, também entrega premiação para dezenove categorias divididas por faixa etária, masculino e feminino.

Atletas masculinos
A1 De 15 a 19 anos
B1 De 20 a 29 anos
C1 De 30 a 39 anos
D1 De 40 a 49 anos
E1 De 50 a 59 anos
F1 De 60 a 69 anos
G1 De 70 anos em diante
H1 Cadeirante
I1 Deficiente Visual
J1 Físico 

Atletas femininos
A2 De 15 a 19 anos
B2 De 20 a 29 anos
C2 De 30 a 39 anos
D2 De 40 a 49 anos
E2 De 50 a 59 anos
F2 De 60 a 69 anos
G2 De 70 anos em diante
H2 Cadeirante
I2 Deficiente Visual
J2 Físico